• Claudina Granzotto

Vencendo a Separação!

Há quem aponte o dedo para você, te julgando, te culpando e até te discriminando por algum motivo aleatório, quando você decide se separar.


Só quem passou por essa situação sabe como é difícil suportar e se manter em pé.

Nem todos vão te entender, nem todos vão te ajudar, nem todos vão compadecer da sua dor...

Pasmem!!! A maioria vai te criticar, sem nem mesmo saber a real.

Queremos chorar sim e ter alguém para nos apoiar, segurar nossa mão e falar que nos entende. Mas cabe somente a você decidir, como quer passar essa fase tão dolorosa.

Sou sobrevivente, vencedora e com muita gratidão ao meu ex marido. Sabe por que? Porque foi a partir da separação que eu consegui me enxergar como mulher de verdade, como profissional competente que sou hoje.

A expectativa é nossa maior inimiga, então teremos enorme frustrações.

Foi passando por pedaços muito difíceis, tanto emocional como financeiro, que resolvi me podar desses sentimentos destrutíveis e comecei a construir meu próprio castelo, com garra, determinação, coragem, confiança em mim e muita força. Não foi fácil, confesso que pensei em desistir muitas vezes, mas a confiança primeiramente em Deus e depois na minha capacidade. Eu venci!


Sai da lama, literalmente e venci!

Por isso quero deixar vou compartilhar aqui com vocês, 5 passos primordiais para um recomeço de sucesso.


1º passo: É aceitar o fim. Vai doer, sim!! Claro que vai. Mas passa, e passa mais fácil do que você possa imaginar. Esse definitivamente é o caminho mais curto para uma recuperação.

O próprio pensamento de que está superando pode ajudar, viu? Em seguida é hora de agir, trate de se livrar de objetos que trazem lembranças. O que vale mesmo é tirar do alcance dos olhos para não ser pega de surpresa. E como vivemos na era digital, a mesma atitude vale para seu computador, celular, tablet, etc. Cortar contato e excluir o ex das redes sociais não é sinal de imaturidade. Contudo, para cicatrizar, essa mudança tem que partir de dentro para fora. Ou seja, não adianta fazer por fazer. Por isso é tão importante admitir que tudo acabou de fato. Só assim você estará pronta para esquecer o ex e recomeçar.


2º passo: Busque ajuda! Sem dúvida, começar uma nova etapa nos causa medo, angústia.

No entanto, um modo de encontrar forças é sentir que alguém nos apoia ou nos entendem neste novo caminho. Mas seja inteligente na hora de buscar apoio. Haverá familiares ou amigos que não darão bons conselhos, e inclusive que recomendarão que você não o faça, ou que aguente mais um pouquinho (Quem não senta no formigueiro não sabe o quanto dói as picadas das formigas). Se você tomou a decisão de começar de novo, busque ajuda de um profissional ou por pessoas que já passaram pela mesma situação e venceram. Elas poderão sem dúvidas, oferecer os melhores conselhos e apoio.


3º passo: Reflexão! Após a separação, devemos parar, respirar, refletir sobre a situação, auto analisar e agir.

Somente depois disso vem os resultados. Para que as reações sejam positivas, devemos ter ações positivas.

Ficar se lamentando, não vai fazer você se sentir melhor, não ajuda em nada. Pelo contrário, vai piorar e muito. AS lamentações carregam uma energia negativa e acaba atrapalhando nas tomadas de decisões. Afinal, você se separou e quer recomeçar, não é? Então o momento é de reflexão.


4º passo: Ter um Propósito! Acredite ou não, no momento todos nós temos um propósito na vida.

Encontrar o seu é um dos passos mais importantes para recomeçar. Pare de pensar sobre o que você não tem e procure por algo novo que faça seu coração vibrar, para que você se sinta satisfeito e desfrute da vida com alegria. Levante a âncora e siga em frente.

Talvez nos primeiros dias, você pense que não há nada mais para você na vida e, se isto acontecer, tudo bem, é parte do processo. O que você não deve permitir é que você permaneça nessa posição por um longo tempo. Para ter uma vida pacífica e feliz, às vezes você tem que enfrentar certas características da sua personalidade. Para começar de novo, algumas mudanças são necessárias; cabe a você realiza-las ou não. Use um espelho que lhe mostre a verdade. Você não deve ouvir ninguém que seja complacente e que diga apenas o que quer escutar.


5º passo: Como saber se estou pronto?

Às vezes, quando sofremos uma grande decepção ou desapontamento, a dor é tão forte que tudo o que queremos é seguir em frente. Isso pode nos desconectar do nosso interior e buscar estímulos apressados que nos desviem a atenção do problema. Como resultado, podemos nos enganar e acreditar que a situação está resolvida assim. O desejo de se sentir melhor e deixar para trás o passado pode nos impedir de perceber que ainda não estamos prontos para começar de novo e que precisamos de mais tempo. É por isso que nos apressamos a tomar decisões, não percebemos os sinais que indicam que ainda não superamos o que nos aconteceu. Um dos sinais inconfundíveis de que as feridas emocionais foram fechadas, é quando conseguimos contar essa história sem experimentar as emoções intensas que nos bloqueavam no início. Para saber se você se curou por dentro, você precisa sentir a paz interior novamente, para recuperar o equilíbrio mental que perdeu. Reconecte com seu interior sem sentir medo das emoções que experimentou e volte a se sentir confortável consigo mesmo.


Muitas pessoas não tem forças suficientes para recomeçar. Procurar ajuda psicológica é o caminho. Não tenha medo ou vergonha. O ser humano em sua essência precisa do outro. Use isso a seu favor.

Esses foram 5 pontos fundamentais que eu como Psicanalista uso no meu curso e milhares de alunas utilizaram do meu método para recomeçar.

Eu aprendi na raça como enfrentar uma nova caminhada. Sou a prova viva que, recomeçar é descobrir um mundo cheio de oportunidades.


Claudina Granzotto

30 visualizações

© 2020 por Claudina Granzotto.

Feito no Brasil com amor e carinho.

                          

  • Amazon ícone social
  • Instagram
  • Facebook ícone social
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now